Como Instalar Linux, Apache, MySQL, PHP, pilha (LAMP) no Ubuntu 20.04 [Quickstart]

Introdução

Neste guia quickstart, instalaremos uma pilha LAMP em um servidor Ubuntu 20.04.

Para obter uma versão mais detalhada deste tutorial, com mais explicações sobre cada passo, consulte o tutorial How To Install Linux, Apache, MySQL, PHP (LAMP) Stack on Ubuntu 20.04

Pré-requisitos

Para seguir este guia, você precisará ter acesso a um servidor Ubuntu 20.04 como um usuário sudo.

Passo 1 — Instalar o Apache

Atualize o cache do seu gerenciador de pacotes e, em seguida, instale o Apache com:


  • sudo apt update
  • sudo apt install apache2

Assim que a instalação terminar, você precisará ajustar suas configurações de firewall para permitir o tráfego HTTP em seu servidor. Execute o seguinte comando para permitir o acesso externo na porta 80 (HTTP):


  • sudo ufw allow in "Apache"

Com a nova regra de firewall adicionada, você poderá testar se o servidor está em funcionamento, acessando o endereço IP público do seu servidor ou nome de domínio do seu navegador Web. Você verá uma página como esta:

Ubuntu 20.04 Apache default

Passo 2 — Instalar o MySQL

Agora, vamos instalar o MySQL, um popular sistema de gerenciamento de banco de dados utilizado em ambientes PHP.

Novamente, utilize o apt para adquirir e instalar este software:


  • sudo apt install mysql-server

Quando a instalação terminar, é recomendável que você execute um script de segurança que vem pré-instalado com o MySQL. Inicie o script interativo executando:


  • sudo mysql_secure_installation

Este script irá perguntar se você deseja configurar o VALIDATE PASSWORD PLUGIN. Responda Y para sim, ou qualquer outra coisa para continuar sem a habilitar. Se você responder “yes”, você será solicitado a selecionar um nível de validação por senha.

Em seguida, seu servidor pedirá que você escolha e confirme uma senha para o root user do MySQL. Embora o método de autenticação predefinido para o root user dispense o uso de uma senha, mesmo quando uma senha está definida, você deve definir uma senha forte aqui como uma medida de segurança adicional.

Para o resto das perguntas, pressione Y e pressione a tecla ENTER em cada prompt.

Nota: no momento em que este artigo foi escrito, a biblioteca nativa do PHP para o MySQL mysqlnd não suporta o caching_sha2_authentication, o método de autenticação padrão para o MySQL 8. Por essa razão, ao criar usuários de banco de dados para aplicações PHP no MySQL 8, você precisará garantir que eles estejam configurados para usar o mysql_native_password. Consulte o passo 6 do nosso guia LAMP detalhado no Ubuntu 20.04 para aprender a fazer isso.

Passo 3 — Instalar o PHP

Para instalar o PHP e suas dependências, execute:


  • sudo apt install php libapache2-mod-php php-mysql

Assim que a instalação terminar, você pode executar o seguinte comando para confirmar sua versão PHP:



Output

PHP 7.4.3 (cli) (built: Mar 26 2020 20:24:23) ( NTS )
Copyright (c) The PHP Group
Zend Engine v3.4.0, Copyright (c) Zend Technologies with Zend OPcache v7.4.3, Copyright (c), by Zend Technologies

Passo 4 — Criando um Virtual Host para seu Website

Neste guia,vamos configurar um domínio chamado your_domain, mas você deve substituí-lo por seu próprio nome de domínio.

O Apache no Ubuntu 20.04 tem um bloco de servidor habilitado por padrão que está configurado para servir documentos do diretório /var/www/html. Em vez de modificar o /var/www/html, vamos criar uma estrutura de diretórios dentro do /var/www para o site your_domain, deixando o /var/www/html intocado como o diretório padrão para ser servido se uma solicitação de cliente não corresponder a nenhum outro site.

Crie o diretório para o your_domain como segue:


  • sudo mkdir /var/www/your_domain

Em seguida, atribua a propriedade do diretório com a variável de ambiente $USER, que deve fazer referência ao seu usuário de sistema atual:


  • sudo chown -R $USER:$USER /var/www/your_domain

Em seguida, abra um novo arquivo de configuração no diretório sites-available do Apache usando seu editor de linha de comando preferido.


  • sudo nano /etc/apache2/sites-available/your_domain.conf

Isso criará um novo arquivo em branco. Cole nele a seguinte configuração:

/etc/apache2/sites-available/your_domain.conf

<VirtualHost *:80> ServerName your_domain ServerAlias www.your_domain ServerAdmin [email protected] DocumentRoot /var/www/your_domain ErrorLog ${APACHE_LOG_DIR}/error.log CustomLog ${APACHE_LOG_DIR}/access.log combined
</VirtualHost>

Salve e feche o arquivo quando terminar. Se você estiver usando o nano, você pode fazer isto pressionando CTRL+X, depois Y e ENTER.

Agora, você pode usar a2ensite para habilitar o novo virtual host:


  • sudo a2ensite your_domain

Para desativar o site padrão do Apache, digite:


  • sudo a2dissite 000-default

Para garantir que seu arquivo de configuração não contenha erros de sintaxe, execute:


  • sudo apache2ctl configtest

Por fim, recarregue o Apache para que essas alterações entrem em vigor:


  • sudo systemctl reload apache2

Agora, seu novo site está ativo, mas o web root /var/www/your_domain ainda está vazio. Crie um arquivo index.html naquele local para que possamos testar se o virtual host funciona conforme esperado:


  • nano /var/www/your_domain/index.html

Inclua o conteúdo a seguir neste arquivo:

/var/www/your_domain/index.html

<html> <head> <title>your_domain website</title> </head> <body> <h1>Hello World!</h1> <p>This is the landing page of <strong>your_domain</strong>.</p> </body>
</html>

Agora, vá até seu navegador e acesse o nome de domínio ou o endereço IP do seu servidor novamente:

http://server_domain_or_IP

Você verá uma página como esta:

Teste do host virtual do Apache

Agora, vamos criar um script de teste PHP para confirmar que o Apache consegue lidar e processar solicitações para arquivos PHP.

Crie um novo arquivo chamado info.php dentro de sua pasta web root personalizada:


  • nano /var/www/your_domain/info.php

Isso abrirá um arquivo em branco. Adicione o conteúdo a seguir ao arquivo:

/var/www/your_domain/info.php

<?php
phpinfo();

Quando você terminar, salve e feche o arquivo.

Vá para seu navegador Web e acesse o nome de domínio ou o endereço IP do seu servidor seguido pelo nome do script, que neste caso é info.php:

http://server_domain_or_IP/info.php

Você verá uma página parecida com esta:

Ubuntu 20.04 o PHP info

Após verificar as informações relevantes sobre seu servidor PHP através dessa página, é melhor remover o arquivo que você criou, uma vez que ele contém informações confidenciais sobre seu ambiente PHP e seu servidor Ubuntu. Você pode usar o rm para fazer isso:


  • sudo rm /var/www/your_domain/info.php

Tutoriais relacionados

Aqui estão os links para os guias mais detalhados relacionados a este tutorial:

source : https://www.digitalocean.com/community/tutorials

Write a Comment

view all comments